A EOS Nation, em colaboração com o Attic Lab, redesenhou como um WPS pode ser implementado na rede principal da EOS. O sistema já foi desenvolvido e está disponível no Github. Para lançá-lo, é necessária a aprovação dos 21 principais produtores de blocos. Mas como esse WPS deve funcionar?

O contrato inteligente deste WPS já está sendo testado no Jungle testnet, na conta wpswpswpswps. Qualquer pessoa com uma conta Jungle já pode testá-la enviando propostas.

Como funciona:

  1. Qualquer pessoa pode enviar uma proposta pagando uma taxa fixa de 100 EOS (não reembolsável, usada para suporte ao WPS).
  2. Para cada período, 25 mil EOS serão disponibilizados no WPS
  3. Cada período dura 30 dias
  4. Todos os produtores de blocos pagos (em espera ou ativos) podem votar: +1, -1 ou 0.
  5. Propostas com pontuação maior que 20 aprovadas.
  6. Os fundos da conta do leilão de nomes (eosio.names) e da conta de taxa de transação de RAM (eosio.ramfee) (atualmente acumulados em torno de 3,5 milhões de EOS) serão usados para financiar o WPS.
  7. Todas as propostas que não foram aprovadas durante um determinado período serão consideradas expiradas.
  8. As propostas não podem ser alteradas após serem publicadas.

Processo de implantação:

Será preciso a aprovação de 15 ou mais dentre os 21 produtores de blocos ativos.

  1. Criar a conta do sistema eosio.wps
  2. Implantar o contrato inteligente
  3. Definir parâmetros iniciais
  4. Transferir 50 mil EOS para a conta eosio.wps para financiar os 2 primeiros períodos.
  5. Iniciar o primeiro período

Fontes: