Em 21 de janeiro deste ano, a Administração de Força Militar da Coréia do Sul, MMA, lançou seu sistema de identidade descentralizado em sua própria blockchain baseado no EOSIO. Esta é a primeira tentativa de usar um sistema DID baseado em uma blockchain adotada por uma instituição pública e pode servir de exemplo para futuras tentativas.

O sistema foi desenvolvido pelo projeto piloto público da blockchain do governo sul-coreano em colaboração com a Raon Secure, uma empresa coreana de autenticação e segurança, que forneceu “Omni One”, a plataforma DID baseada em EOSIO.

Os primeiros resultados desta atividade no primeiro mês foram divulgados e são claramente significativos. A blockchain do MMA alcançou mais de 50.000 registros de uso, com um número crescente de novos usuários que já estão usando o sistema DID.

O número de usuários em potencial do portal de serviços ao civil é de 1,65 milhão. Existem 350.000 pessoas no teste preliminar e 1,3 milhão no exército de reserva de mobilização. Considerando o número de usuários em potencial, esse tipo de serviço pode se expandir ainda mais no futuro próximo e possui uma grande demanda.

“Com isso, esperamos aumentar a conveniência da autenticação para o usuário e reduzir os custos, para assim emitir o certificado patológico e simplificar o processamento, expandindo o nó e o serviço, protegendo a infraestrutura blockchain”

O sistema é muito simples, tudo o que você precisa fazer é escanear o código QR através do seu smartphone e concluir a triagem com reconhecimento de impressões digitais.

“Melhoramos o sistema para minimizar os inconvenientes do serviço de auto-identificação de reclamações civis existentes. Encurtamos o tempo para o tratamento de reclamações e estabelecemos um sistema de processamento administrativo”.

Fontes

ethnews.com – “한번 쓰면 계속 쓴다” 병무청 블록체인 간편인증, 한달 만에 5만2000건 이용 https://m.etnews.com/20200309000195?SNS=00001

South Korea government DID System on EOSIO https://www.eosgo.io/news/south-korea-government-did-on-eosio

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui