Fonte: Ultra

A Ultra permanece à frente da curva, trazendo tecnologia blockchain sustentável para jogos e entretenimento.

Vemos os efeitos que o consumo de energia tem em nosso mundo todos os dias e nos recusamos a ignorar os problemas. A Ultra garante que a sua tecnologia lidera o setor, fornecendo uma cadeia de blocos sustentável que pode ser usada por todos.

O que faz da Ultra ser Neutra em Carbono?

A blockchain da Ultra difere do algoritmo de consenso da Prova de Trabalho (POW) do Bitcoin e da Ethereum em várias áreas. Mais notavelmente, sua blockchain requer muito menos poder de computação para proteger as transações da rede, enquanto outras redes requerem maior capacidade de computação para serem mais seguras.

Como você já deve saber, o POW consome muita energia, tanto que é responsável pelo consumo de energia equivalente a países inteiros. Isso é particularmente surpreendente, considerando que ambas as redes combinadas podem lidar com no máximo 30 transações por segundo.

No entanto, o modelo de consenso da blockchain da Ultra, chamado Proof of Authority (POA), é uma alternativa ecologicamente correta e poderosa que aumenta o nível de segurança enquanto reduz drasticamente o consumo de energia e aumenta substancialmente o rendimento da transação.

Considerando que a Mainnet do Ultra está ativa e em execução com sete produtores de blocos, já foi provado que ela é capaz de oferecer uma capacidade de contratos inteligentes extremamente rápidos e seguros sem prejudicar o meio ambiente.

“Ser neutro em carbono é importante para a Ultra. Na verdade, fomos além da neutralidade de carbono, compensando várias vezes mais do que nossas emissões medidas. ”

David Hanson – Co-CEO da Ultra

As etapas tomadas para tornar o UOS verde

A Ultra iniciou oficialmente o seu projeto de carbono neutro com a Natural Capital Partners, os principais especialistas em neutralidade de carbono e financiamento climático, em maio de 2021. A Natural Capital Partners é uma entidade confiável que ajuda empresas como Microsoft, Logitech e Sky a atingir importantes objetivos de emissão de carbono. Juntos, eles examinaram como a blockchain da Ultra afeta o meio ambiente e calcularam as emissões de CO2 dos nós da blockchain para compensá-lo por meio de vários projetos de energia renovável.

“É tão importante que mais e mais empresas de todos os tamanhos estão se preparando para tomar medidas climáticas. Os esforços da Ultra para reduzir suas emissões e a certificação de ser Neutra em Carbono são ótimos exemplos de empresas que levam suas responsabilidades ambientais a sério. ”

Sherah Beckley, gerente de soluções de clientes

A partir das avaliações concluídas na blockchain da Ultra, foi verificado que a energia que a alimenta é oficialmente neutra em carbono. Consequentemente, foi implementado mais medidas de eficiência internas, comprando energia renovável e eles tambem estão trabalhando com projetos de redução de emissões externas para garantir que são realmente negativos em carbono.

Ser certificado como neutro em carbono não é apenas um passo enorme e vital para a Ultra, mas também para qualquer empresa que esteja interessada em utilizar a tecnologia blockchain.

O que torna o blockchain do Ultra tecnicamente negativo para carbono?

A Ultra priorizou tambem o apoio a projetos de energia renovável globalmente, compensando as emissões de carbono omitidas pela sua blockchain.

“Ter uma blockchain ecológico foi um dos nossos objetivos desde o primeiro dia. Com as ferramentas, recursos e determinação para atingir esse objetivo, estamos muito orgulhosos de ser um dos primeiros projetos de blockchain sustentáveis ​​do mundo. Continuaremos tomando medidas para garantir que fazemos todo o possível para manter e superar nossos esforços atuais. “

Nicolas Gilot, Co-CEO da Ultra

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui